pt eng fr

Risco Livre no Parque Lage

Rio de janeiro, Sketch . 27 maio 2017

Como muitos rabiscadeiros, gosto de passear com meu material no bolso, tão distraída quanto atenta à luz e à energia ao meu redor. Às vezes encontro o ponto certo em um fim de tarde alaranjado, numa cafeteria com janelas pra chuva, à sombra de uma árvore na praça.

A beleza e o grande exercício do desenho de observação está na tentativa de apreender o momento, quando mesmo a luz do sol muda à cada segundo. Se trata do registro de uma impressão, o que faz do sketch urbano uma arte da interpretação visual e pessoal da realidade.

Um dia tive então a ideia de encontrar com pessoas como eu, que também andam assim pela cidade, distraídas e atentas, preparadas para quando encontrarem o ponto ideal pelo caminho, onde abrirão mão dos planejamentos do dia, e se sentarão por horas para registrar um momento impossível. Assim surgiu o Risco Livre.

A primeira edição do Risco Livre rolou nos jardins do Parque Lage, no Rio de Janeiro. A minha ideia com esse evento é, então, proporcionar a troca de experiências e conhecimentos entre amantes e aspirantes de desenho de observação propondo encontros em diferentes espaços públicos da cidade.

Esse primeiro encontro teve o privilégio de um dia ensolarado e fresco e foi muito emocionante ver quantas pessoas tem interesse por esse tipo de atividade. Só posso esperar que São Pedro continue colaborando e desejar vida longa ao Risco Livre!

* Fotos tiradas pelas queridas Luiza de Andrade e Mathilde Missioneiro

Tarcila Alvarenga
Tarcila Alvarenga
Comentários

Deixe seu comentário

1 4 5 6