pt eng fr

Cores e dolores

Outros . 07 jan 2019

Tarcila Alvarenga
Tarcila Alvarenga
Comentários

Deixe seu comentário

É você que tem

Aquarela, Toulouse . 29 nov 2018

Quase me esqueço.

Obrigada por me colocar na parede do descaso e me forçar a admitir que não me adequo, que não posso caber no perímetro pobre e bajulador reservado a uma mulher, dentro da rotina daquele que só tem tempo para pensar em si mesmo. Que está ocupado demais para celebrar os olhares que se cruzam na grandeza da existência, então os desperdiça.

(…)

Em meu tempo de dor, achava que as partidas ocorriam por minhas falhas. Mal sabia eu que elas faziam um inventário dos meus acertos, para que um dia eu tomasse conhecimento da minha incrível força em gritar: “Não vim para ter menos, não posso ser menos. Meu espírito é imenso”. Gritar, eu digo, do lugar mais remoto de mim mesma e ensurdecer uma metrópole. Um dia, eu despertaria de um longo sono, olharia no espelho e compreenderia que paisagem vasta eu sou.

– Maria Gabriela Saldanha

 

Tarcila Alvarenga
Tarcila Alvarenga
Comentários

Deixe seu comentário

Flores

Toulouse . 19 nov 2018

Tarcila Alvarenga
Tarcila Alvarenga
Comentários

Deixe seu comentário

Juliette

Aquarela, Outros, Toulouse . 15 set 2018

Eu cheguei nessa cidade sem conhecer ninguém e com um nível de francês muito, mas muito tosco mesmo.  E parece que o Estado Francês oferece inúmeras ajudas financeiras para aqueles que precisam, mas é necessário antes enfrentar toda uma complexa e demorada burocracia. E se para os próprios franceses a burocracia daqui é entruncada, para quem vem de fora e não domina a língua pode ser mesmo impossível.

Então lá estava eu num dia desses procurando uma gráfica no centro da cidade, perdida e com um mapa na mão. Nisso se aproximou de mim uma menina que, muito gentilmente, me ofereceu ajuda (com um inglês impecável). Essa pequena ajuda para encontrar a gráfica se desdobrou em uma série de outros auxílios desde arranjar um número de celular até encontrar um lugar para eu morar (consegui encontrar uma colocation* )  e também compreender um pouco sobre o funcionamento das coisas na França.

Como agradecimento pela generosidade e amizade que Juliette vem me oferecendo desde que eu cheguei na cidade, fiz essa pequena aquarela retratando ela e seu companheiro, Peter. Espero que esse Cadeau (presente)  seja o primeiro de muitos que eu faça em agradecimento à Juliette, à Toulouse e à vida que venho escolhendo para mim. E que eu encontre muito mais pessoas maravilhosas por aqui.

* “Colocação” é como eles chamam aqui um lugar onde você mora com outras pessoas, seja colegas de quarto ou com o proprietário mesmo. No caso eu estou morando na casa de uma senhora francesa com uma outra estudante da Colômbia. #girlpower

Tarcila Alvarenga
Tarcila Alvarenga
Comentários

Deixe seu comentário

1 2 3 6